CINEMA

AMPLIANDO AS FRONTEIRAS DO AUDIOVISUAL NA UFRN

De acordo com a Agência Nacional do Cinema (ANCINE), a participação do emprego no setor audiovisual no Rio Grande do Norte cresceu e, apesar de certas barreiras, vemos o cenário da área se fortalecendo e amadurecendo.

Nesse contexto, o professor Ruy Rocha e alguns alunos da graduação em Comunicação Social – Audiovisual da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), decidiram criar um projeto de extensão voltada a produções audiovisuais. Inspirados em uma experiência anterior, chamada “TV Experimental de Comunicação”, dedicada a cobertura da Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (CIENTEC), resolveram desenvolver o Projeto Tela livre, que tem como objetivo produções de conteúdos audiovisuais inovadores e experimentais e o contato com a comunidade. O professor Ruy Rocha, coordenador geral do projeto afirma que “Esse projeto nos animou a dar passos um pouco mais ousados e a investir nossas energias e criatividade na produção de conteúdos audiovisuais para além das disciplinas e a fazer atividades educacionais em escolas”.

O protagonismo dos estudantes que participam do projeto é um ponto significativo para o grupo, pois vem deles a sugestão das ações, a contribuição prática e a responsabilização pela viabilidade de cada atividade proposta no projeto. De acordo com Deborah Cordeiro, aluna do quinto período de Audiovisual na UFRN e integrante do Tela Livre desde 2017, o professor Ruy mostra aos alunos o caminho para atuar de forma autônoma e oferece espaço para que todos tenham ideias e que experimentem novas formas de trabalhar.

Além disso, o projeto também visa a aproximação dos alunos no mercado de trabalho através de experiências práticas. “A graça de uma profissão como essa é que cada dia você pode fazer algo diferente, um dia estará escrevendo roteiro, outro gravando e no outro editando, pois é um ramo que possibilita esse dinamismo entre diversas áreas. O mercado é dessa forma e é assim que atuamos no Tela Livre”, declarou Deborah. 

Uma experiência que o Tela Livre está se dedicando ultimamente é a realização do Cine Livre, um evento que acontece todo início do mês no Departamento de Comunicação Social e tem como objetivo a exibição de produções audiovisuais, como filmes, séries e programas de televisão. O intuito é trazer para o departamento a experiência cultural de assistir filmes e discutir os temas abordados.

A aluna Thaylãna Monteiro, a qual cursa o 4º período do curso de Audiovisual, disse: “O propósito do Cine Livre é englobar as três habilitações do Departamento de Comunicação Social – Audiovisual, Publicidade e Jornalismo – para assistirem filmes que abordam vários temas polêmicos, atuais e que levantam bandeiras muito importantes da vida acadêmica e da vida social, para debater e desenvolver questões e posicionamentos sobre a obra exibida”.

A participação de novos integrantes é de extrema importância para a continuação e desenvolvimento do projeto. Assim, o grupo está preparando uma chamada para alunos que tenham interesse na área do audiovisual. Está previsto também o lançamento do site para a divulgações das ações do Tela Livre. Mais informações podem ser obtidas a partir do perfil no Instagram do projeto: @projetotelalivre.