MATÉRIA ESPECIAL

“Alcaçuz – Tragédia, Riscos e Ofício” no FlipAut!

CL4ND3STINO5, Jack d’Emilia, organizador do evento e Ney Douglas. Foto: Ana Lourdes Bal

A 8ª edição do Festival Literário Alternativo da Pipa teve início na noite de ontem (7) e acontece até o domingo (10) na praia do litoral potiguar com bate-papos, exposições fotográficas e de pinturas, lançamento de livros, feira de livros, saraus e muito mais.

Todos os dias quatro atividades são propostas ao público no palco da Praça do Pescador.“Não está fácil destacar umas das outras”, diz Jack d’Emilia, produtor do evento, “porque são todos temas atualíssimos e interessantes”.

Durante a noite da abertura do evento, ocorreu a exibição do documentário “Alcaçuz – Tragédia, Riscos e Ofício”, o qual foi realizado por estudantes do curso de Jornalismo da UFRN. O documentário é composto por depoimentos de jornalistas potiguares que participaram da cobertura da tragédia em Alcaçuz, contando também o que aconteceu “por trás dos panos”.

Os  CL4ND3STINO5, grupo realizador do documentário, em conjunto com um dos participantes do documentário, o fotojornalista potiguar Ney Douglas, realizaram um bate-papo debatendo o tema do documentário, desde o jornalismo até questões públicas.