COMUNICAÇÃO

Observatório Latino Americano de Comunicação, Mídias e Direitos

                    

Na ultima terça feira (28), realizou-se o I Seminário Nacional de Observatórios de Mídia, Democracia e Direitos Humanos, organizado pelo Grupo de Pesquisa Ecomsul (Epstemologias e Práticas Emergentes e Transformadoras em Comunicação). Um dos objetivos do seminário era lançar o Amaru (Observatório Latino Americano de Comunicação, Mídias e Direitos Humanos) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aberto ao publico externo, o evento teve inicio às 13 horas com a Mostra de Mídia e Direitos Humanos, produzida pelos alunos do Departamento de Comunicação (Decom). Alem disso, ocorreu a palestra Quem controla a Mídia no Brasil onde foram apresentados os resultados do MOM Brasil (Media Ownership Monitor), realizado pelo Coletivo Intervozes e Repórteres sem Fronteiras, com Jonas Valente.

Ainda durante a tarde, aconteceu o lançamento do Amaru, momento mais esperado do evento.  Na ocasião, foram apresentados resultados do monitoramento das violações aos direitos humanos do programa de tv Patrulha da Cidade (em 2017.2 e anual). 

Por fim, por voltas das 19 horas, houve o encerramento do evento com as duas [ultimas conferencias, ministradas pelos professores Edgar Rebolças do Observatório de Mídias da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e pela professora Ana Veloso do Observatório de Mídias da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O objetivo das conferências foi promover um diálogo entre os diferentes observatórios das instituições.

De acordo com Hélcio Pacheco, professor do Decom e membro do Ecomsul o Seminário se propôs em discutir o poder da mídia exerce, muitas vezes ultrapassando os limites da lei. Além disso, o evento também visou estimular a reflexão a da violação dos direitos humanos.