EDUCAÇÃO

Programa Trilhas Potiguares inicia preparação para edição 2016

A coordenação do Programa de Extensão Trilhas Potiguares, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), inicia nesta semana as reuniões de planejamento para a edição de 2016. As ações previstas são duas reuniões marcadas para os dias 18 (amanhã) e 22 (terça-feira) deste mês. A primeira acontece com os prefeitos dos municípios interessados na parceria com a Instituição, já a segunda ocorre com os professores e servidores coordenadores das atividades nos locais selecionados. Uma semana depois, no dia 29, ocorre a cerimônia de assinatura do convênio entre a UFRN e as prefeituras. Nesta solenidade estarão presentes prefeitos, representantes locais, coordenadores e a reitora, Ângela Maria Paiva.

No ano em que comemora 20 anos de existência, o programa Trilhas Potiguares, que já desenvolveu suas ações em mais de 100 municípios do estado do Rio Grande do Norte, atenderá 12 municípios, número duas vezes maior que o de 2015.

Conforme o pró-reitor adjunto de Extensão Breno Guilherme Cabral, o aumento no número de inscritos foi possibilitado não apenas em razão do empenho da equipe do Programa Trilhas Potiguares, como também em decorrência de toda história em âmbito estadual que o projeto vem desempenhando ao longo das suas últimas duas décadas de atuação. “O Trilhas Potiguares é o programa de extensão mais importante da UFRN. Ele é uma vitrine para expormos tudo que estamos fazendo na universidade e efetivamente mudarmos uma realidade social. É a forma que os cursos têm para provocarem essa transformação”, acentua o Pró-Reitor.

A edição de 2016 do Programa Trilhas também contará com novidades. Além das atividades específicas voltadas para as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti em todos os municípios, agora os estudantes interessados poderão participar dois anos seguidos do projeto, o que não era possível até então. Segundo a coordenadora-adjunta do Programa, professora Eriama de Araújo Hackradt, a mudança se deu em virtude da necessidade de continuidade do programa por parte do corpo estudantil. Para ela “é muito importante, tanto para a vida acadêmica quanto para a vida pessoal do aluno, que ele tenha acesso à essa experiência com o Trilhas e que possa retornar à cidade onde já atuou”, avalia.

As equipes que comporão o programa – a serem constituídas por professores, estudantes e técnicos-administrativos da UFRN de diversas áreas de conhecimento - aportarão nos municípios selecionados no mês de Julho e passarão uma semana ou mais desempenhando atividades junto às populações locais, promovendo efetiva interação entre a universidade e a sociedade.

Em 2016 o Programa Trilhas Potiguares contará com o retorno do Projeto Comtrilhas – Projeto de Comunicação Social no Programa Trilhas Potiguar, que existiu nos anos de 2009, 2010 e 2011. O seu principal objetivo é realizar a cobertura jornalística multimídia das ações do Programa Trilhas Potiguares – 2016, sua documentação (foto/videodocumentarismo), a divulgação das suas ações e oferecer oficinas, minicursos e palestras relacionadas à área da comunicação social, além de possibilitar aos alunos de Comunicação Social a interação, partilha e colaboração com os demais projetos, estimulando a sua formação multidisciplinar. Pretende-se, também, envolver alunos de escolas publicas das comunidades visitadas no Projeto, desenvolvendo as mesmas atividades que os alunos da UFRN, em comunicação.

Para obter mais conhecimentos sobre o Programa Trilhas Potiguares acesse:
https://facebook.com/Trilhas-Potiguares-UFRN-1068957589910617/
http://trilhaspotiguaresufrn.blogspot.com.br/?m=1